Gilteatro

Associação Gilteatro- Grupo de Intervenção Local de Alcochete

Apoio institucional do:  

 

 

 Associação Juvenil-RNAJ 

 

 

Breve Historial do GilTeatro

O GilTeatro existe desde Outubro de 1994, na Escola E. B. 2,3 El-Rei D. Manuel I, mas a necessidade de ampliar um pólo de interesse para os jovens de Alcochete, principalmente para os que tinham abandonado a escola ou que já tinham completado a sua escolaridade, levou os membros fundadores a criar a Associação GilTeatro, em 4 de Março de 1997. Com a fundação desta Associação, deu-se  hipótese a jovens que já não frequentavam a escola de continuarem a praticar as actividades de que gostavam: o teatro, a arte circense, os papagaios estáticos, acrobáticos e de tracção, as danças medievais e renascentistas e o ilusionismo.

TEATRO - Foram realizadas as seguintes representações: A Revolta dos Salineiros de Carlos Soares em 1994, O Auto da Índia de Gil Vicente em 1995, O Jardim das Estátuas de Carlos Soares em 1996, A Farsa de Inês Pereira de Gil Vicente em 1997, A Restauração de Carlos Soares em 1998, Auto-Estrada do Inferno adaptação a partir de um texto de Gil Vicente em 1999, O Príncipe das mãos vazias de Adolfo Simões Muller em 1999, O Desconcerto em 2000, Falar Verdade a Mentir de Almeida Garrett, O Pranto de Maria Parda de Gil Vicente e A História da Carochinha de Eduardo Schwalbach em 2001. O Avejão de Raul Brandão em 2002; os Ovos Misteriosos de Luísa Ducla Soares em 2003; Breve Viagem a um Reino Esquecido de Pedro Bom em 2004; Quatro Elementos Quatro Mulheres, criação colectiva em 2005; A Borbulha ou a Idade do Armário, criação colectiva em 2006; A Menina do Mar e O Rapaz de Bronze de Sophia de Mello Breyner Andersen, em 2007 (adaptação de Carlos Soares); Sal Negro de Carlos Soares em 2008, Mina de Paula Almada Negreiros e O Coro dos Maus Alunos de Tiago Rodrigues em 2009 (duas versões); Bela Vista de Lisa Mc Gee em 2010 (duas versões) menção honrosa pelo projeto Panos/Culturgest e representação no espçao do Teatrão em Coimbra; Filhos de Asssinos de Katori Hall em 2011; Dentro de mim Fora Daqui de Filipe Homem Fonseca-1º prémio Panos/culturgest; Liceu Holderlin de Pedro Mexia, menção honrosa Panos/Culturgest em 2012.

A Associação Gilteatro, em parceria com O Clube de Teatro da Escola E.B 2.3 El Rei D.Manuel I, também já participou como observador nos XVI e XVII Encontro Nacional de Teatro na Escola (ETE) e como efectivo no XVIII ETE´s e em todos os que se realizaram posteriormente. No ano 2000, organizou o XXI e em 2003 o XXIV  ETE, em Alcochete. Em 2001, participou no XXII ETE´s em Vouzela, como grupo convidado e com a peça Falar Verdade a Mentir de Almeida Garret. 

MALABARISMO - O grupo de malabaristas tem participado em diversas animações de rua, nas seguintes localidades: Alandroal, Alcácer do Sal, Alcochete, Alfaiates, Amarante, Aveiro, Azeitão, Barcelos, Belmonte, Caminha, Campo Maior, Castro Marim, Chamusca, Chaves, Cortegana (Espanha), Expo 98 (no Pavilhão do Projecto Vida), Freixo-de-Espada-à-Cinta, Guarda, Guimarães, Lisboa, Mangualde, Mértola, Mesão Frio, Monforte, Montemor-o-Novo, Montijo, Óbidos, Palmela, Pinhel, Portel, Reguengos de Monsaraz, Sabugal, Salvaterra de Magos, Santa Maria da Feira, Santo André, Setúbal, Sortelha, Souto, Tomar, Viana do Alentejo, Vila de Colos, Vila Franca de Xira, Vila do Touro e Vinhais.

 

PERFORMANCES - A Associação realizou duas performances no Pavilhão do Território Expo 98 - A Viagem, que foi apresentada no dia em que se comemorava o dia da Ponte Vasco da Gama, em Julho, e Sentidos-Mundi, no dia das Pontes, em Setembro. A convite da autarquia da Alcochete, alguns jovens da Associação têm participado em diversas comemorações, como sejam o dia da Mulher, o dia da Criança, o 25 de Abril e o 1° de Maio. Participou no festival de Teatro de Vila Franca de Xira – CAMINHOS 2000” – com a performance “Noites de Água e de Fogo”.

PAPAGAIOS ACROBÁTICOS - A Associação GilTeatro participou em 1998 no Encontro Internacional de Papagaios Acrobáticos que se realizou em Gijón, no Festival de Papagaios de Alcanena e no Festival de Papagaios da Lagoa de Albufeira.  

Em 1999,  a Associação Gilteatro, com o apoio da Câmara Municipal de Alcochete,  organizou no dia 6 de Junho o  I Festival Nacional  de Papagaios  Estáticos, Acrobáticos  e de Carros de Tracção, na  Praia dos Moinhos de Alcochete. Estiveram neste dia, dedicado à Semana do Ambiente, vários grupos e entre eles destacaram-se  o sector do Gilpapagaios, da Associação Gilteatro, o Grupo Jovem a Jovem  da Junta de Freguesia de Sta Maria de Belém, o Clube Português de Papagaios Acrobáticos, e  a  Associação Portuguesa de Carros de Tracção à Vela

   Perante o sucesso de tal iniciativa, que levou centenas de pessoas à Praia dos Moinhos, no ano 2000 organizou-se o II Festival Nacional de Papagaios Estáticos, Acrobáticos e de Carros de Tracção nos dias 17 e 18 de Junho. Mais uma vez,  envolveu vários grupos que levaram ao céu de Alcochete um fantástico colorido de grande qualidade, observado por milhares de pessoas que se deslocaram à Praia, para assistir ao espectáculo de lançamento de papagaios .

Os dois eventos deixaram uma promessa: organizar um evento que já envolvesse grupos estrangeiros. Assim, a Associação Gilteatro e  a Areventos Papagaios Clube de Portugal organizaram o I, II, III, IV e V festivais e a Associação Gilteatro e a Câmara Municipal de Alcochete   organizaram o  VI, VII, VIII, IX  e X Festival Internacional de Papagaios, na Praia dos Moinhos de Alcochete (FIPA)